Secom

Secom
Clique no banner e entre no site do SECOM. Confira tudo o que o atuante Sindicato faz e oferece
Últimas Notícias
recent

O BRASIL EM COPAS

Por Daniel Nápoli

1934

Para a 2ª edição da Copa Mundo, o Brasil novamente foi a disputada sem sua força máxima. Desta vez, o motivo foi uma briga entre as ligas profissionais e amadoras.

O grupo de jogadores que disputou o Mundial anterior, foi renovado em quase 100%, com exceção do atacante Carvalho Leite, do Botafogo-RJ.
Agora, sob o comando do técnico Luiz Vinhaes, a seleção brasileira foi à Itália com os seguintes jogadores:




Goleiros -  Germano (Botafogo-RJ)  e Roberto Gomes Pedrosa (Botafogo-RJ)

Zagueiros – Octacílio (Botafogo-RJ),  Luiz Luz (Americano-RJ) e Sílvio (São Paulo da Floresta)

Meio-campistas – Ariel (Botafogo-RJ), Canalli (Botafogo-RJ), Martim Silveira (Botafogo-RJ), Tinoco (Vasco da Gama) e Waldir (Botafogo-RJ)

Atacantes  -  Armandinho (São Paulo da Floresta), Átila (Botafogo-RJ), Carvalho Leite (Botafogo-RJ),  Leônidas da Silva (Vasco da Gama), Luizinho (São Paulo da Floresta), Patesko (Nacional-URU) e Waldemar de Brito (São Paulo da Floresta)

A participação do Brasil nesta Copa, foi ainda mais decepcionante do que na primeira. Ao jogar no Estádio Luigi Ferraris, em Gênova, no dia 27 de maio, a seleção brasileira disse adeus ao Mundial, logo na primeira fase, ao perder para a Espanha, por 3x1.

O único gol do país em solo italiano, foi marcado por Leônidas da Silva, já na segunda etapa da partida, quando os espanhóis já venciam por 3x0.


A Copa novamente terminou nas mãos dos donos da casa, naquela oportunidade. 







Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Grande Parceiro

Tecnologia do Blogger.