OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Últimas Notícias
recent

NA ESTREIA DO PRÉ-OLÍMPICO MUNDIAL, BRASIL PERDE PARA PORTO RICO


COM A DERROTA BRASIL PRECISA VENCER PRÓXIMOS COMPROMISSOS POR UMA VAGA EM TÓQUIO-2020

Por Daniel Nápoli

Nesta quinta-feira (06), em Bourges, na França a Seleção Brasileira Feminina Adulta de Basquete perdeu para Porto rico por 91x89, na estreia do Pré-Olímpico Mundial.

O Brasil esteve à frente do marcador em boa parte da partida, chegando a abrir 12 pontos de vantagem sobre as adversárias, porém na reta final de tempo normal, as comandadas do técnico José Neto sofreram um “apagão”. A queda de rendimento, animou as porto-riquenhas que começaram a encaixar sua partida, encerrando o quarto quarto em 83x83, sendo necessária assim a prorrogação.

Assim como na parte final do tempo normal de jogo, na primeira metade da prorrogação o Brasil não conseguia encaixar seu ritmo, com Porto Rico se aproveitando muito bem disso, chegando a abrir sete pontos de vantagem. Do meio para o fim, a Seleção Brasileira esboçou uma reação, mas não havia mais temo: vitória das porto-riquenhas por 91x89.

O destaque da partida foi a armadora de Porto Rico, Jennifer O’Neil, que marcou 30 pontos, pegou seis rebotes e ainda deu três assistências. Pelo lado do Brasil, se destacaram Damiris Dantas(26 pontos e 15 rebotes), Érika de Souza (15 pontos e 8 rebotes) e Patty Teixeira (10 pontos).

Após o jogo, o técnico José Neto falou ao site da Confederação Brasileira de Basketball (CBB). “Eu poderia ter ajudado um pouco mais. Elas deram o máximo delas. Estávamos no nosso melhor e íamos testar se o nosso melhor era suficiente para a vitória. Hoje não foi. Ainda temos dois jogos. Se tivesse ganhado, ainda teria que vencer mais dois jogos. Basquete é assim mesmo. É colocar a cabeça na França e buscar uma vitória. A Jennnifer O’Neil é uma das melhores jogadoras que já vi atuar, tem um técnico muito bom, admiro o trabalho dele. Mas temos dois jogos, quem sabe a gente não possa surpreender?”.

Em coletiva de imprensa após a partida, Damiris Dantas comentou a derrota. “Em um campeonato nesse nível, tem erros que não podemos cometer. Essa foi nossa falha. Temos que ter em mente que temos chances e podemos buscar. Passou, não tem como voltar. É ter cabeça boa e vir para o próximo jogo bem. Cometemos erros também na prorrogação, e isso acabou levando à derrota. Estávamos confusas no ataque. Demoramos para fazer cesta na prorrogação”, concluiu.

Para seguir sonhando com a vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, o Brasil precisa vencer seus dois próximos compromissos (contra França e Austrália). Caso vença só uma dessas partidas, a Seleção Brasileira terá de torcer para Porto Rico perder seus dois próximos jogos e decidir a vaga no saldo de pontos.

O Brasil jogará contra a França, no sábado (08), às 16h30 e encerra a participação no torneio no domingo (09), às 10h (sempre no Horário de Brasília), contra a Austrália. Ambas as partidas terão transmissão do SporTV.

Foto – Divulgação/FIBA e CBB


Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BICAMPEÃ OLÍMPICA, THAÍSA MENEZES FALA SOBRE VITORIOSA CARREIRA

AO MOMENTO DO ESPORTE, ATLETA DO ITAMBÉ/MINAS COMENTA TRAJETÓRIA NO VÔLEI Por Daniel Nápoli Multicampeã. Assim podemos definir a b...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.