OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Últimas Notícias
recent

ARTILHEIROS DAS COPAS: DIEGO FORLÁN


URUGUAIO FOI BOLA DE OURO E ARTILHEIRO DO MUNDIAL DE 2010

Por Daniel Nápoli

Filho do ex-jogador de futebol Pablo Forlán, Diego (nascido no dia 19 de maio de 1979, em Montevidéu), seguiu os passos do pai, atuando pela Seleção Uruguaia, assim como os passos de seu avô materno, Juan Carlos Corazzo, campeão olímpico com a camisa do Uruguai, em 1928.

Diego teve sua primeira chance pela Celeste Olímpica, em 2002, ano em que disputou a Copa do Mundo realizada na Coreia do Sul e no Japão. Forlán não marcou na estreia (derrota para a Dinamarca por 2x1) e nem no segundo jogo (empata por 0x0 com a França), marcando um gol no empate por 3x3 com Senegal, resultado que decretou a eliminação ainda na fase de grupos do torneio.

Forlán poderia ter atuado na Copa do Mundo de 2006, disputada na Alemanha, porém o Uruguai não conseguiu se classificar. Para o Mundial de quatro anos depois, na África do Sul, porém, Diego viveu seu auge, liderando o “renascimento” uruguaio.

Na estreia do torneio, Forlán “passou em branco” no empate por 0x0 contra a França, marcando duas vezes na vitória por 3x0 sobre a África do Sul, não estufando as redes no encerramento da primeira fase, no triunfo uruguaio diante do México (1x0).

Nas oitavas de final, o artilheiro também não marcou gol na vitória do Uruguai sobre a Coreia do Sul (2x1), voltando a anotar no empate por 1x1 com Gana (com vitória nos pênaltis por 4x2), pelas quartas de final.

O então atacante do Atlético de Madrid-ESP marcou mais um gol na semifinal contra a Holanda, porém não conseguiu evitar a derrota por 3x2, mesmo placar do revés uruguaio pela decisão do terceiro lugar contra a Alemanha, em que Diego também deixou sua marca em uma oportunidade.

Foi a melhor campanha do Uruguai em Copas, desde o Mundial de 1970 e de quebra, Forlán terminou o torneio como artilheiro e melhor jogador, mesmo sem conquistar o título.
Na Copa de 2014, Forlán esteve longe do brilho de quatro anos antes, não marcando nenhum gol na campanha d Uruguai que se encerrou nas oitavas de final, em derrota por 2x0 para a Colômbia.

Diego jogou pela Seleção Uruguaia entre 2002 e 2014, marcando 76 gols em 112 partidas, sendo campeão da Copa América de 2011. Por clubes, atuou por Independiente-ARG (1997-2002), Manchester United (2002-2004), Villareal-ESP (2004-2007), Atlético de Madrid-ESP (2007-2011), Internazionale de Milão-ITA (2011-2012), Internacional-BRA (2012-2013), Cerezo Osaka-JAP (2014-2015), Peñarol-URU (2015-2016), Mumbai City-IND (2016-2017) e Kitchee-HK (2018-2019).

Forlán também foi campeão da Liga Europa (2009/2010), campeão da Copa Intertoto (2003/2004),campeão da Supercopa Europeia (2010), campeão inglês (2002/2003), campeão uruguaio (2015/2016), campeão da Copa da Inglaterra (2003/2004), campeão da Supercopa da Inglaterra (2003 e campeão gaúcho (2013).
Após se aposentar como jogador ao final de 2019 iniciou sua carreira de treinador, estando no comando do Penãrol-URU. 

Fotos - Divulgação

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CBB TEM CONTAS APROVADAS PELO TERCEIRO ANO CONSECUTIVO

EM ASSEMBLEIA QUE CONTOU COM A PARTICIPAÇÃO DE 26 FEDERAÇÕES, DOCUMENTO FOI APROVADO POR UNANIMIDADE Pela primeira vez promovida de ma...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.