OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Últimas Notícias
recent

ARTILHEIROS DAS COPAS: SUKER


CROATA BRILHOU NO MUNDIAL DE 1998, AO MARCAR SEIS GOLS PELA CROÁCIA

Por Daniel Nápoli

Nascido em Osijek, na antiga Iugoslávia (atual Croácia), no dia 1 de janeiro de 1968, Davor Suker entrou para a história como artilheiro da última Copa do século XX.

Anteriormente ao auge na Copa do Mundo de 1998, pela Croácia, Suker disputou o Mundial de 1990, pela Iugoslávia, porém não foi utilizado em nenhuma das partidas da campanha iugoslava, que parou nas quartas de final.

Suker, defendeu a Iugoslávia até 1991, fazendo dois jogos e marcando um gol. Depois, disso, com a independência da Croácia, sua cidade natal passou a pertencer em território croata, com o atacante passando a defender então o novo país, que não conseguiu se classificar par o Mundial de 1994.

Quatro anos depois, na França, no entanto, Suker e a Croácia entrariam para a história. Logo na estreia, o então atacante do Real Madrid-ESP marcou um gol na vitória sobre a jamaica (3x1).
No segundo jogo da primeira fase, foi o autor do gol do triunfo em cima do Japão (1x0), “passando em branco” no encerramento da fase de grupos, em derrota para a Argentina (1x0).

Nas oitavas de final, Suker vltou a balançar a rede, sendo o autor da classificação sobre a Romênia (1x0), marcando outro na expressiva vitória por 3x0 sobre a Alemanha, nas quartas de final. O país estreante estava na semifinal.

Contra a França, dona da casa, Suker chegou a abrir o marcador na semifinal, porém os croatos sofreram a virada (2x1) e acabaram eliminados. Restava ainda, a decisão pelo terceiro lugar.

A sensação da Copa de 1998, venceu a Holanda na decisão de terceiro lugar (2x1), com Suker marcando um gol, tornando-se o artilheiro da competição, com seis gols. A história estava escrita.
Suker disputou ainda o Mundial de 2002. Longe do brilhantismo de quatro anos antes, foi utilizado em apenas um jogo, na estreia diante do México (derrota por 1x0), ficando de fora da vitória dianre da Itália (2x1) e da derrota para o Equador (1x0), com a Croácia sendo eliminada ainda primeira fase.

Pela Seleção Croata, Suker atuou entre 1992 e 2002, marcando 48 gols em 68 partidas, Já por clubes, o artilheiro defendeu: Osijek-CRO (1984-1989), Dínamo Zagreb-CRO (1989-1991), Sevilla-EsP (1991-1996), Real Madrid (1996-1999), Arsenal-ING (1999-2000),West Ham (2000-2001) e Munique 1860 (2001-2003),sendo  campeão Mundial Interclubes (1998), campeão da Liga dos Campeões da Europa (1997/1998), campeonato espanhol (1996/1997), e campeão da Supercopa da Espanha (1997).

Atualmente, o ex-jogador é administrador de escolinhas de futebol na Croácia.

Fotos - Divulgação

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CBB TEM CONTAS APROVADAS PELO TERCEIRO ANO CONSECUTIVO

EM ASSEMBLEIA QUE CONTOU COM A PARTICIPAÇÃO DE 26 FEDERAÇÕES, DOCUMENTO FOI APROVADO POR UNANIMIDADE Pela primeira vez promovida de ma...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.