OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Últimas Notícias
recent

OS 70 ANOS DO MARACANÃ


POR MUITO TEMPO O MAIOR DO MUNDO PARA O FUTEBOL, MARACANÃ CHEGA AOS 70 ANOS MODERNO E ETERNAMENTE LINDO

O primeiro país a sediar uma Copa do Mundo após a II Guerra Mundial, o Brasil tinha o Pacaembu, em São Paulo como seu maior estádio. No Rio de Janeiro, então capital do país, o maior era o São Januário, do Vasco da Gama.

Para sediar a Copa, o Brasil resolveu ter um estádio a altura da importância do evento. Assim, em 2 de agosto de 1948, foi lançada a pedra fundamental do futuro Estádio Municipal, que depois seria batizado Jornalista Mário Filho e imortalizado como Maracanã.

Em 16 de junho de 1950, há 70 anos, portanto, o Estádio Municipal abriu festivamente suas portas.

A primeira partida aconteceu no dia seguinte, em amistoso entre as seleções de Rio e São Paulo, registrando a vitória paulista por 3x1. O primeiro gol foi marcado por Didi, da Seleção Carioca.

Oficialmente a capacidade era de 155.000 lugares, mas o maior público registrado foi de 199.854, na final da Copa no tristemente célebre Brasil 1x2 Uruguai. Adequando-se as medidas de segurança e padrões da Fifa, a capacidade do Maracanã foi reduzida.

Ao longo dos anos, o Maracanã passou pelas mais diversas reformas, mas a maior e mais significativa ocorreu em 2013, para que o Brasil voltasse a sediar outra Copa do Mundo, dando a feição atual do lendário estádio.

O maior artilheiro do Estádio Mário Filho é Zico, com 334 gols, vestindo as camisas do Flamengo, Seleção Carioca e Seleção Brasileira. O gol mais importante, entretanto foi marcado por Pelé, em 1969, quando o Santos empatou com o Vasco da Gama. Foi o milésimo gol do Rei do futebol.

Aliás, tirando os clubes cariocas, o Santos deixou sua marca no Maracanã em algumas oportunidades. Antes do milésimo gol de Pelé, o Santos levou enormes públicos em 1962 e 1963, quando sagrou-se bicampeão mundial.

E foi com um gol de Pelé contra o Fluminense, que se criou o bordão “gol de placa”. Uma arrancada sensacional do Rei driblando a tudo e todos a sua frente e marcando um gol tão espetacular que foi distinguido com uma placa alusiva na entrada do estádio.

Shows como o histórico de Frank Sinatra, visitas do Papa João Paulo II e até partidas de vôlei, levaram públicos extraordinários ao estádio.

Palmeiras, vencendo a Copa Rio de 1951 e  Corinthians, com a “invasão” de 1976 e a conquista do Mundial de 2000 também entraram para a história do lendário hoje Estádio Estadual Jornalista Mário Filho, o eterno Maracanã.  

Clique nas imagens para ampliar








Moura Nápoli

Moura Nápoli

Um comentário:

CBB TEM CONTAS APROVADAS PELO TERCEIRO ANO CONSECUTIVO

EM ASSEMBLEIA QUE CONTOU COM A PARTICIPAÇÃO DE 26 FEDERAÇÕES, DOCUMENTO FOI APROVADO POR UNANIMIDADE Pela primeira vez promovida de ma...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.