Últimas Notícias
recent

ITUANO BASQUETE COMENTA DERROTA PARA O VERA CRUZ CAMPINAS

ANTÔNIO CARLOS BARBOSA E MAYARA CRYSTINA ANALISAM RESULTADO

Por Daniel Nápoli

Neste sábado (21), o Ituano Basquete, já classificado para a segunda fase do Paulista Feminino da temporada 2020, perdeu no encerramento da primeira fase, fora de casa, para o Vera Cruz Campinas , por 73 x 38.Com o resultado, o Galo ficou na segunda colocação, somando cinco vitórias e uma derrota.

A ala Mayara Crystina que fez sua estreia pelo Ituano Basquete  na partida deste sábado, comentou sobre seu desempenho e o resultado do jogo. “Sobre a estreia hoje, fiquei feliz, por mais que tenha sido pouco tempo de quadra, fiquei feliz por ter entrado, sei que estou aqui entre as melhores e não tenho visibilidade dentro do esporte ainda, mas a expectativa só aumenta para os próximos jogos, que eu consiga conquistar mais tempo de quadra e a confiança do técnico”, destaca.

A atleta acrescenta. “ O desempenho da equipe hoje não foi ruim, mas sei que se todas nós nos unirmos, for uma pela outra - o que o esporte coletivo exige -, a gente consegue fazer um jogo melhor e conseguiremos ganhar, precisamos unir as nossas forças”.

O técnico Antônio Carlos Barbosa analisa a partida.  “É o tipo de jogo que é difícil qualquer análise, em uma derrota que talvez tenha sido a pior na história do Ituano. Infelizmente, tivemos uma partida totalmente anormal, uma partida pessimamente jogada, que nós ainda conseguimos, por algum tempo - até acho que no primeiro tempo conseguimos dificultar o jogo para Campinas, baste ver foram 30 pontos só que elas fizeram no primeiro tempo, quer dizer, nós conseguimos segurar um pouco o ímpeto delas, embora nós tivéssemos sofrido alguns contra-ataques delas, mas enfim”.

Barbosa acrescenta. “O terceiro quarto foi o melhor quarto nosso e o último quarto nós já fomos para as cordas, igual lutador que vai para as cordas e só espera no nocaute. Acho que quando a gente perde um jogo da maneira que perdeu esse, a gente claro tem que se preocupar, eu fico muito triste, decepcionado, mas eu não desacredito, já passei por situações iguais a essa e o time se recuperou”.

 “Temos que entender que o time de Campinas é um time muito forte, é um time que joga de uma maneira linear o jogo todo, não tem alternância, é muito constante e isso, em jogo de basquete, contra um time desse, se você não acompanha realmente, dá uma queda, você “toma” mesmo, então foi o que aconteceu com a gente. Nós tivemos um terceiro quarto bom e, infelizmente, no último o time se entregou.”, reforça o comandante.

Barbosa comenta ainda que a equipe sentiu a ausência de sua capitã. “Acho que a ausência da Joice é muito problemática para a gente, porque, independente do nível de jogadora dela, ela é uma liderança na quadra e às vezes você precisa não de uma pontuadora, mas de uma líder, para conseguir tentar atenuar os problemas. Mas acho que não temos que entregar nada, foi um jogo que, ainda bem, não valia nada, vamos agora fazer um balanço disso e segunda-feira treinamos”, conclui.

Agora o Galo volta suas atenções para a segunda fase da competição, em que irá enfrentar novamente o Vera Cruz Campinas, além de Santo André/APABA e SESI Araraquara.

Com a colaboração de Nathane Agostini, assessora de imprensa do Ituano Basquete.


Foto - Fábio Leoni/Vera Cruz Campinas

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIVE do MOMENTO FALOU DE ITUANO x YPIRANGA DE FORMA ABERTA E FRANCA

  EM UMA RESENHA SINCERA E MUITO LEGAL, O JORNALISTA FÁBIO LAZAROTTO, DO JORNAL BOA VISTA, DE ERECHIM/RS, INTERAGE COM MOURA NÁPOLI E JENILD...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.