Últimas Notícias
recent

TIETÊ AGROINDUSTRIAL/BAX CATANDUVA SE PREPARA VISANDO A CLASSIFICAÇÃO NO PAULISTA

ARMADORA NATÁLIA BURIAN COMENTA DUELO CONTRA A PRÓ-ESPORTE/SOROCABA E PROXIMIDADE DA APOSENTADORIA

Por Daniel Nápoli

No domingo (22), no Ginásio Municipal Dr. Gualberto Moreira, em Sorocaba, às 18h, a Tietê Agroindustrial/Bax Catanduva entrará em quadra diante da Pró-Esporte/Sorocaba, lutando por uma vaga na segunda fase do Campeonato Paulista da temporada 2020.

Para avançar de fase, a equipe de Catanduva terá de vencer o time sorocabano e dependendo do resultado entre Santo André/APABA x SESI Araraquara, que atuarão na sexta-feira (20), precisará fazer saldo de cestas.

Neste cenário, a gestora e atleta da Tietê Agroindustrial/Bax Catanduva, Natália Burian, comenta sobre a preparação visando o confronto, que tem um ingrediente a mais para ela. Antes do início do estadual, a armadora havia anunciado para o Momento do Esporte, que se aposentaria como jogadora ao final do Paulista. A classificação para a segunda fase, não só prorrogaria o encerramento de sua carreira em pelo menos mais seis jogos, como pode fazer com que siga com o sonho de deixar as quadras, quem sabe com um título.

“Nossa preparação para o jogo de Sorocaba está sendo feita em função das características das jogadoras deles. A gente sabe que elas pegam muitos rebotes, são rápidas, tem jogadoras muito boas defensivamente e ofensivamente. O Marcinho montou um time bem bacana, não é a toa  que eles vem fazendo um bom campeonato, bons jogos e esse é um jogo muito importante pra gente que pode decidir a nossa classificação. “, explica Natália.

Com uma lesão na coxa deste o início do terceiro quarto da partida contra o Ituano Basquete, a armadora atuou no sacrifício no restante daquele jogo e em todo o confronto com o Vera Cruz Campinas, porém faz questão de destacar. “Para defender as cores de Catanduva não existe dor, então eu estou tratando, cuidando, tenho um pouco de dor ainda, mas espero estar ‘zerada’ para o jogo de Sorocaba. Vai ser um jogo bem equilibrado e vai levar quem conseguir tirar as qualidades da equipe adversária.”

Aos 36 anos de idade e demonstrando grande vigor em quadra e um excelente preparo físico, Natália que já defendeu a Seleção Brasileira, comenta a decisão de deixar as quadras. “Nas minhas condições físicas posso jogar mais quatro, cinco anos tranquilamente, mas chega uma hora que você tem que saber que você tem que dar espaço para outras jogadoras e eu fico feliz com tudo que eu construí durante esse período que eu tive no basquete feminino. “.

A armadora prossegue. “Eu acho que consegui me consolidar uma armadora, consegui por onde passei fui muito bem tratada, consegui fazer amizades e chega uma hora que você tem que ter essa consciência e realmente saber a hora de parar.Lógico que é difícil, a gente não se vê sem jogar, sem essa vida de atleta, mas acho que chegou meu momento de estar ajudando o basquete fora das quatro linhas, principalmente aqui em Catanduva, não só com o projeto do Bax, mas um projeto social que o Bax vai montar”.

Questionada se haverá algum evento especial para marcar sua aposentadoria, a atleta explica. “Eu não quero uma despedida, eu vou estar no meio do basquete feminino ainda, mas é lógico que no final do ano, vamos fazer  (a partida) as aposentadas contra as atletas, aqui em Catanduva tem muita atleta aposentada,. Não direi adeus ou até logo, vou falar um muito obrigado ao basquete feminino. “

O técnico de Catanduva, Cesamar Fernandes também falou sobre a preparação visando a decisão pela classificação. “Estamos trabalhando há duas semanas para esse jogo contra a Pró-Esporte/Sorocaba. Tivemos um bom período de treinamento, vai dar para recuperar as atletas. Fizemos uma preparação visando o adversário, é um encerramento de primeira fase que pode valer a nossa classificação. “

O comandante acrescenta. “A gente vai ter que depender não só da gente, mas temos que vencer para ter alguma chance. A gente está focado na qualidade do adversário, é um time muito raçudo, que não se entrega, fez bons jogos contra todos os adversários e melhorar o nosso ponto fraco.”

Ainda sobre a luta pela classificação, Cesamar  destaca. “A gente via depender do resultado entre Santo André x SESI Araraquara e dependendo, basta vencer ou nem ganhando de Sorocaba será o suficiente, dependendo do saldo de cestas. Temos a obrigação de terminar bem e se classificarmos,  entraremos com moral para a próxima fase. “

Fotos-  Buenas Comunicação

Moura Nápoli

Moura Nápoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIVE do MOMENTO FALOU DE ITUANO x YPIRANGA DE FORMA ABERTA E FRANCA

  EM UMA RESENHA SINCERA E MUITO LEGAL, O JORNALISTA FÁBIO LAZAROTTO, DO JORNAL BOA VISTA, DE ERECHIM/RS, INTERAGE COM MOURA NÁPOLI E JENILD...

OS GRANDES PARCEIROS

OS GRANDES PARCEIROS
Tecnologia do Blogger.